bruges15
Bruges

Bruges: a cidade mais charmosa da Europa

Bruges é uma cidade encantadora, daquelas que dá vontade de guardar num potinho e levar para casa, sabe? Pesquisamos bastante antes de fazer nosso roteiro da última Eurotrip, e depois de tudo que vimos sobre o local não tivemos dúvida de que seria o cenário perfeito para a comemoração do nosso aniversário de casamento!

bruges8A combinação entre canais e arquitetura medieval que torna a cidade tão encantadora

A cidade é acessível de trem de Amsterdã e de Paris, o que a coloca no roteiro de bate-volta de quem visita essas capitais, chegando bem cedinho e partindo antes do entardecer.  No entanto, quando a noite chega e os milhares de turistas de um dia se vão, é que a cidade mostra sua face mais encantadora, com os canais delicadamente iluminados pelas luzes das construções medievais, e o silencio impera, tornando o ambiente deslumbrante.

brugesO entardecer em Bruges e a vista da cervejaria 2Be

Partimos de Amsterdã cedinho, passamos a manhã na Antuérpia, chegamos a Bruges no meio da tarde, para passar um dia e meio na cidade, tempo suficiente para ver as principais atrações com tranquilidade.  Ao chegar na estação de trem, pegamos um ônibus para o centro da cidade (o ponto fica bem em frente à estação, e é possível comprar o bilhete antes ou pagar a passagem direto ao motorista os 3 euros da tarifa), chegamos no hotel (que por sinal, era  lindo e super confortável), despejamos as malas e logo fomos explorar o centro da cidade, começando por recarregar as baterias na Cervejaria 2Be, que tem uma vista fantástica do canal.

bruges11Degustando uma típica cerveja belga

brugges2Curtindo o clima de Natal com o drink de boas vindas do nosso hotel, o Grand Casselbergh Hotel

E ao caminhar pela cidade, a todo momento você encontra um cenário lindo e bucólico. E por conta da proximidade do Natal (já que fomos no início de dezembro), Bruges estava ainda mais bonita com as ruas iluminadas, o ringue de patinação no gelo na Grand Place, o mercado de Natal e o típico pinheiro gigante.

bruges1O típico pinheiro de Natal gigante na praça Burg

Para a celebração do dia, escolhemos o restaurante Le chef et Moi que foi uma agradável surpresa. Um restaurante pequeno e familiar, em um ambiente super aconchegante e romântico, exatamente o que buscávamos, e com pratos deliciosos (a média de preço foi de 40 euros por pessoa com vinho).

bruges12Uma das nossas entradas com vieiras no Le Chef Et Moi

Depois do jantar, caminhamos até o hotel, com as ruas já bem vazias. E passar pelas pontes de Brugges vendo as paisagens refletindo nos canais, foi um dos momentos mais inesquecíveis na cidade. No dia seguinte, fizemos o passeio de barco pelos canais pela manhã. Confesso que gostei mais desse passeio do que o que fizemos em Amsterdã. É super interessante para conhecer sobre a história da cidade e suas construções.

bruges6Os famosos cisnes de Bruges durante o passeio de barco

Também subimos a Torre do Campanário, com seus mais de 300 degraus, que são recompensados pela vista incrível de Bruges. O campanário de Bruges foi construído em etapas distintas. Em primeiro momento, foram construídos o campanário e a base do prédio e anos mais tarde outro pavimento foi realizado para ser utilizado de observatório.

bruges9A vista recompensadora da Torre do Campanário

E ainda fomos à Basílica do Sangue Sagrado, uma pequena e discreta igreja localizada na praça Burg, mas que guarda uma enorme relíquia, já que no interior do local há um recipiente que acredita-se conter sangue de Jesus Cristo.

bruges10A fachada da Basílica do Sangue Sagrado

Além disso, fomos até o Begginhof de Bruges,um conjunto de casas fundado por beguinas da Igreja Católica, que possui uma paisagem muito bonita, com árvores bem altas, onde hoje funciona um monastério (por isso é recomendável que se faça silêncio) e que é bem maior que o de Amsterdã.  Também conhecemos o Lago do Amor, que não podia faltar em razão das comemorações do momento.

bruges7Begginhof de Bruges

Depois fomos à cervejaria De Halve Maan, que é recomendadíssima, por sinal, e onde finalizamos as comemorações degustando cervejas incríveis. Nós nem tínhamos a intenção de almoçar, mas depois de ver a cara dos pratos, fomos obrigados a provar e não nos arrependemos (média de preços de 30 euros por pessoa).

bruges13 bruges14De Halve Maan é uma ótima pedida para quem quer provar ótimas cervejas belgas em ambiente descontraído

E por fim, retornamos à Grand Place de Bruges para nos despedirmos da cidade, e onde pegamos o ônibus de volta para a estação de trem para seguir nossa viagem para Bruxelas, com a certeza de que Bruges deixaria saudades e uma vontade enorme de retornar.

bruges15Todo o charme de Bruges que já deixou saudades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *