rijks
Amsterdã Europa

Amsterdã: 5 museus que recomendamos

Amsterdam é uma cidade que encanta não só por seus belos canais, mas por ter uma enorme oferta de programas culturais. Há diversos museus na cidade, muitos concentrados em uma grande praça na região central. E hoje vamos contar um pouco sobre a nossa experiências em alguns deles:

Rijksmuseum: é o museu nacional dos Países Baixos e está localizado na Museumplein (assim como o Van Gogh e o Sterdelijk). Em um prédio bem imponente, com arquitetura admirável, o museu abriga obras de arte icônicas como a “Ronda Noturna” de Rembrant, “A Leiteira”, de Johannes Vermeer e “Retrato de um Jovem Casal” de Frans Hals, entre muitas outras. O lugar é bem grande, e demanda certo tempo para ser conhecido com tranquilidade. Nós passamos 3 horas no Rijksmuseum que se foram num piscar de olhos, de tão encantados que ficamos com este museu. É uma visita imperdível para quem aprecia arte e arquitetura! O ingresso custa €17,50 e é recomendável a compra pela internet para evitar as filas.

rijks
Fachada do Rijksmuseum vista da Museumplein
rijks2
O hall de entrada do Rijksmuseum que contrasta a estrutura original do prédio com elementos modernos
rijks3
A sala da “Ronda Noturna” de Rembrant, cheia mesmo em período de baixa temporada
rijks6
Essa é uma das principais galerias do Rijksmuseum
rijks4
Auto retrato de Van Gogh, em exposição no Rijksmuseum

Van Gogh Museum: o museu é um grande mergulho na vida e obra desse artista incrível que foi Van Gogh, que somente ficou famoso e teve reconhecimento internacional após sua morte. No museu estão diversos dos auto-retratos do pintor famoso, que pintava a si próprio muitas vezes justamente por não ter dinheiro para remunerar modelos. Lá também estão os quadros “Os Comedores de Batatas”, “Campo de Trigo com Corvos”, “O quarto em Arles” (há três versões desta obra, e a 1ª delas está em Amsterdã) e “Amendoeira em Flor”. O ingresso custa €17, também é recomendável a compra pela internet para evitar as enormes filas, assim como também recomendamos a compra do audioguia, que foi de extrema importância para tornar a visita ainda mais interessante. Se você for à Amsterdã, não deixe de conhecer esse museu!

vangogh
A fachada do museu sobre a vida e obra de Van Gogh
IMG_9719
Não é possível tirar fotos ou fazer vídeos no interior do museu, uma das poucas áreas em que é permitido, é neste mural com uma réplica de um auto retrato do artista

Amsterdam Museum: não é um museu muito destacado, e que fica quase escondido, no caminho para a praça Dam, mas que é muito interessante, pois conta a história e muitos detalhes de Amsterdã. Nós sugerimos que a visita ao Museu seja feita no início da viagem, apesar de não termos feito isso (pois não nos ocorreu essa ideia), justamente por dar um panorama geral da cidade, explicando sobre sua localização, construções e até mesmo o apego que os holandeses tem com as bicicletas (tem mais bicicleta que habitante em Amsterdã, o que é muito legal!). O valor do ingresso é €12,50 e inclui o audioguia.

amsterdam4
A entrada, praticamente escondida, do Amsterdam Museum
amsterdam2
O interior de uma das salas do Amsterdam Museum
amsterdam
A sala dos tapetes, que representam diversos países do mundo e que no dia em que visitamos estava sendo utilizada para um recital
amsterdam3
O museu além de contar detalhes interessantes da história de Amsterdã, faz isso de forma interativa!

Sterdelijk Museum: esse é um museu de design e  arte moderna de Amsterdã, localizado em um edifício bem diferente, possui muitas obras de artistas renomados como Kare Appel, Piet Mondrian, Picasso, Cezane, Monet, entre muitos outros. Além disso, o local também é palco de exposições temporárias super interessantes. Quando fomos, algumas bem interessantes, uma delas em uma sala completamente coberta por pelúcia, em que era reproduzido um curta sobre a AIDS, foi bem interessante. Além disso, há algumas atividades específicas para crianças no museu, e por isso é um programa recomendado para toda a família.  A entrada inteira custa €15, e pode ser adquirida no local, já que o museu não costuma ter filas tão grandes quanto o Van Gogh e o Rijks.

sterdelijk3
O hall de entrada do Sterdelijk
sterdelijk
Quadros de Mondrian no Sterdelijk Museum
sterdelijk2
A sala de pelúcia
sterdelijk4
Vista da Museumplein de dentro do Sterdelijk

Casa de Anne Frank: o museu, como o próprio nome diz, está localizado na casa em que se passa a narrativa do livro “O diário de Anne Frank”. Nesta residência, a família da jovem permaneceu escondida, vinda da Alemanha, fugindo da perseguição nazista. A exposição do museu conta a história da menina desde o nascimento, até a captura da família e envio ao campo de concentração, onde quase todos os membros morreram. O pai, que sobreviveu à tragédia, ao voltar à casa, encontrou o famoso diário, e decidiu publicá-lo, o que fez com que a história narrada por Anne se tornasse famosa em todo o mundo. O lugar funciona como uma espécie de memorial, é muito interessante, e de fundamental importância para que todos possamos lembrar aos extremos que a intolerância pode levar. Para a visitação no período das 9h às 15h é necessário adquirir o bilhete pela internet, nos demais horários até o fechamento é possível comprar direto no local. A entrada inteira custa €9. Recomendamos a visitação logo no início da manhã, pois com o passar do dia o local vai ficando mais cheio, o que atrapalha a visitação, já que os cômodos são pequenos e as passagens apertadas.

annefrank2
A fachada do museu. Lá dentro não é possível fotografar ou filmar e por esse motivo não temos imagens internas.
annefrank
A fila do museu, que acontece mesmo na baixa temporada. Por isso, não deixe de comprar o ingresso pela internet e fique atento ao horário escolhido.

Observação: Caso seja necessário optar entre alguns desses, em razão de pouca disponibilidade de tempo na cidade, entendemos como imperdíveis, nesta ordem, o Van Gogh Museum, o Rijksmuseum e a Casa de Anne Frank.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *